TÍTULO ORIGINAL: A Chave
AUTORA: Caroline Gulgueira
GÊNERO: Fantasia
EDITORA: Selo Jovem
ANO DE LANÇAMENTO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 242

SINOPSE: Cordenne é um bom lugar. Agora que não há mais ameaça de Zeratteu, você e sua família mágica podem morar nessa cidade maravilhosa tranquilamente. A cidade que praticamente rege a dimensão mágica é lar de inúmeros lobisomens, vampiros, feiticeiros, fadas...
A prefeitura de Cordenne sorteou jovens, estudantes da principal escola da cidade, para fazer uma visita a inúmeras cidades da dimensão mortal. Animados, os adolescentes embarcaram na viagem sem ter em mente que seria uma armadilha. O que farão quando, abandonados e sozinhos em uma floresta desconhecida, seus amigos começarem a sumir e descobrirem que o retorno de Zeratteu nunca esteve tão próximo?


Olá pessoal! Quem gosta de nacionais? Hoje vou escrever sobre o livro que recebi em parceria com a Editora Selo Jovem. Um gênero de literatura que não costuma me atrair e essa foi uma oportunidade de sair da minha zona de suspense/terror/policial/romance histórico, que eu amo!

A Chave trás uma história diferente de tudo o que já li. Como dito na sinopse, Cordenne é uma cidade boa para se viver, e abriga seres imortais: lobisomens, fadas, vampiros, feiticeiros. Há muito tempo, Zeratteu causou um grande desconforto à cidade mas foi combatido e a paz reinava. Só que, interessados em reaver o poder, pessoas ligadas a ele inventam um sorteio dizendo que os contemplados seriam levados a uma viagem maravilhosa à cidades da dimensão mortal. Os adolescentes sorteados deliraram com a oportunidade e estavam super ansiosos para a viagem entretanto não imaginavam o que os esperava.




Em uma história cheia de aventura e poderes mágicos, temos a luta desses jovens para salvar a sua cidade e preservar a paz e tranquilidade. Para quem gosta do gênero, é um prato cheio!

Obrigada Editora Selo Jovem pela oportunidade de conhecer o trabalho de vocês!

Beijos e até a próxima!!!!

TÍTULO ORIGINAL: The Pillars Of The Earth
AUTOR: Ken Follett
GÊNERO: Romance histórico
EDITORA: Rocco
ANO DE LANÇAMENTO: essa edição é de 2012. O livro foi lançado em 1992.
NÚMERO DE PÁGINAS: 941

SINOPSEUm mergulho na Inglaterra do século XII e na construção minuciosa de uma catedral gótica. Emocionante, complexo, pontilhado de coloridos detalhes históricos, "Os Pilares da Terra" traça o painel de um tempo conturbado, varrido por conspirações, jogos intrincados de poder, violência e surgimento de uma nova ordem social e cultural. A figura que melhor expressa os ideais que inspiraram Ken Follett a escrever este livro é Philip, prior de Kingsbridge, um homem que luta contra tudo e todos para construir um templo grandioso a Deus. Mas a galeria de personagens que gravitam em torno da catedral inclui Aliena, a bela herdeira banida de suas terras, Jack, seu amante, Tom, o construtor, William o cavaleiro boçal, e Waleran, o bispo capaz de tudo para pavimentar seu caminho até o lugar do Papa, em Roma. Como painel de fundo, uma Inglaterra sacudida por lutas entre os sucessores prováveis ao trono que Henrique I deixou sem descendentes. Épico que consegue captar simultaneamente o que acontece nos castelos, feiras, florestas e igrejas, "Os Pilares da Terra" é a recriação magistral de uma época que nossa imaginação não quer esquecer.


Olá pessoal, tudo bem com vocês!!! Depois de um recesso aqui no blog, estamos de volta com o primeiro post de 2018, e em grande estilo! A resenha que trago para vocês é de uma obra prima de Ken Follett, Os Pilares da Terra.

Foram 18 dias de leitura (comecei a lê-lo em 28/12/17) que me inebriaram com romance, amor, obsessão, egoísmo, ambição, guerras, religião. São 941 páginas que contam a história que gira em torno da construção da catedral de Kingsbridge, e se passa entre os anos de 1123 a 1174, e está dividido em seis partes.

Tom Construtor tem seu trabalho perdido, a construção da casa onde morariam o casal William e Aliena, pois a noiva rejeitou o pretendente. William é uma pessoa perversa e dispensou os trabalhadores da obra sem dó. Com isso Tom se viu perdido e se pôs a peregrinar com a família em busca de um novo trabalho, mas que realizasse o seu sonho: o de construir uma catedral. A mulher de Tom está grávida e isso faz com que ele não desista nem um momento sequer, mesmo recebendo muitas negativas.

Depois de muita água rolar, Tom consegue o emprego de construtor no priorado de Kingsbridge e finalmente inicia a construção do seu sonho. Em paralelo, o autor nos conta a história de Phillip, um padre que é nomeado prior de Kingsbridge, tendo sua vida cruzada com a de Tom. Ainda temos os Hamleigh, família ambiciosa a qual William pertence, desesperado por vingança contra o conde de Shiring, de quem Aliena é filha.




A história possui  muitos personagens e o autor é extremamente descritivo, o que faz, em alguns momentos, o livro cansativo. Em compensação, existem partes em que você não quer largar o livro, visto o rumo tomado pelos personagens.

Apesar de ser uma obra fictícia, são mostrados fatos históricos reais que não vou descrever aqui pois seria spoiler.

Com temas religiosos, políticos, os dramas pessoais e familiares passados pelos personagens, Os Pilares da Terra é uma obra maravilhosa, que me distraiu e me fez passar algumas tarde, noites e madrugadas grudada nele durante as minhas férias. Leitura mais do que recomendada mas preparem-se para passar muita raiva com os vilões dessa história!!!!

Beijos e até a próxima!!!!





Olá pessoal, tudo bem com vocês? No último post do ano venho mostrar as minhas leituras favoritas de 2017. Foram 64 no total, entre livros, HQs e contos, quatro a mais que no ano passado. Apesar da vida corrida que tenho, lendo no caminho do trabalho, no intervalo do almoço, no banheiro hahahahaha, até que consegui uma boa marca. Foram muitas leituras ótimas mas vou destacar as 5 leituras preferidas e mais marcantes, e no final do post, listarei as 64. Visitem meu Skoob e vejam minha lista por lá também.






5.º lugar: Misery - Stephen King (janeiro)

Porque não poderia faltar o mestre King nessa lista. Foi um livro que me marcou bastante pela agonia que ele me fez passar. Eu queria ter lido A Dança da Morte esse ano, mas ficou para 2018. Resenha aqui













4.º lugar: Diário de Uma Escrava - Rô Mierling (maio)

Um livro forte, que retrata uma realidade desconhecida. Valeu a pena a leitura. Resenha aqui
















3.º lugar: Bom Dia, Verônica - Andrea Killmore (novembro)

Uma história policial que me deixou sem fôlego. Livro para devorar em poucos dias. Resenha aqui

















2.º lugar: O Menino Feito de Blocos - Keith Stuart (agosto)

Um livro que, com leveza e bom humor, mostra o mundo de uma criança autista e os desafios de se conviver com ela. Resenha aqui
















1.º lugar: Eu Estou Pensando Em Acabar Com Tudo - Iain Reid (junho)

O livro mais foda do ano, sem dúvida. Final surpreendente e muito bem construído. Lerei de novo! Resenha aqui










Espero que tenham curtido o top 5. Comentem quais foram suas leituras preferidas de 2017!



Segue a minha lista de livros lidos de 2017:



1. Ainda Estou Aqui - Marcelo Rubens Paiva (janeiro)
2. A Fuga - Barbara Delinsky (janeiro)
3. Carol - Patricia Highsmith (janeiro)
4. Sete Minutos Depois da Meia Noite - Patrick Ness (janeiro)
5. Misery - Stephen King (janeiro)
6. Eu Sou o Mensageiro - Markus Zusak (janeiro)
7. O Bebê de Bridget Jones - Helen Fielding (janeiro)
8. Cujo - Stephen King (fevereiro)
9. Quatro Vidas de um Cachorro - W. Bruce Cameron (fevereiro)
10. Loney - Andrew Michael Hurley (fevereiro)
11. O Coração de Esfinge - Colleen Houck (fevereiro)
12. Em Nossa Próxima Vida - Lauren James (março)
13. A Menina Submersa - Caitlin R. Kiernan (março)
14. Labirinto - A. C. H. Smith (março)
15. Felicidade Conjugal - Lev Tolstói (março)
16. Efeito Domiinó - Alana Gabriela (abril)
17. Eu Sou o Peregrino - Terry Hayes (abril)
18. Olhos Prateados (Five Nights at Freddy's #1) - Scott Cawthon (abril)
19. A Eternidade do Instante - Zoé Valdés (abril)
20. Amityville - Jay Anson (abril)
21. O Espelho de Cassandra - Bernard Werber (maio)
22. Diário de Uma Escrava - Rô Mierling (maio)
23. Quem Era Ela - J. P. Delaney (maio)
24. A Guerra Que Salvou a Minha Vida - Kimberly Brubaker Bradley - (maio)
25. Os Elefantes Não Esquecem - Agatha Christie (maio)
26. Vida Dupla - S. J. Watson (maio)
27. Eu Estou Pensando Em Acabar Com Tudo - Iain Reid (junho)
28. Noite Sobre as Águas - Ken Follet (junho)
29. Eu Sei o Que Você Está Pensando - John Verdon (junho)
30. O Homem Mais Inteligente da História - Augusto Cury (junho)
31. Menina Má - William March (julho)
32. E Não Sobrou Nenhum - Agatha Christie (julho)
33. O Medo Mais Profundo - Harlan Coben (julho)
34. O Duelo dos Imortais - Colleen Houck (julho)
35. Assassinato no Expresso Oriente - Agatha Christie (julho)
36. As Gêmeas do Gelo - S. K. Tremayne (julho)
37. O Nevoeiro - Stephen King (agosto)
38. Fábrica de Vespas - Iain Banks (agosto)
39. O Menino Feito de Blocos - Keith Stuart (agosto)
40. Jogo Perigoso - Stephen King (agosto)
41. Witches - Snyder/jock/hollingsworth/robins (agosto)
42. O Sorriso da Hiena - Gustavo Ávila (agosto)
43. Única Filha - Anna Snoekstra (agosto)
44. Agora e Para Smepre, Lara Jean - Jenny Han (setembro)
45. Horror na Colina de Darrington - Marcus Barcelos (setembro)
46. O Demônio na Cidade Branca - Erik Larson (setembro)
47. Vamos Pensar Um Pouco? - Mario Sérgio Cortella e Maurício de Sousa (setembro)
48. A Hora do Lobisomem - Stephen King (setembro)
49. Melodia Mortal - Pedro Bandeira/Guido Carlos Levi (setembro)
50. A Garota Perfeita - Mary Kubica (outubro)
51. Só os Animais Salvam - Ceridwen Dovey (outubro)
52. Boneco de Pano - Daniel Cole (outubro)
53. A Garota Corvo - Erik Axl Sund (outubro)
54. Amor de Todas as Formas - Tatiana Amaral, M. S. Fayes, Raiza Varella, JC Ponzi, Mila Wander (novembro)
55. 1922 - Stephen King (novembro)
56. Entre Quatro Paredes - B. A. Paris (novembro)
57. Persépolis - Marjani Satrapi (novembro)
58. Amor, Sexo e Vidas Passadas - Ricardo Di Bernardi (novembro)
59. O Livro dos Espelhos - E. O. Chirovici (novembro)
60. Bom Dia, Verônica - Andrea Killmore (novembro)
61. Os Criadores de Coincidências - Yoav Blum (dezembro)
62. Correr - Dráuzio Varela (dezembro)
63. Origem - Dan Brown (dezembro)
64. As Sobreviventes - Riley Sager (dezembro)



O Amor Por Livros deseja um ano novo cheio de realizações! Beijos e até 2018!!!