Olá pessoal! Estamos em dezembro e minha vida super corrida me fez esquecer de postar os livros adquiridos nos meses anteriores. Não foram muitos pois a situação não está para peixe mas peguei boas ofertas, principalmente na Black Friday. Foram livros de "peso", literalmente!

OUTUBRO

Belas Adormecidas - Stephen King


NOVEMBRO

Duma Key - Stephen King
Coluna de Fogo - Ken Follet 
Os Criadores de Coincidências - Yoav Blum


Este último foi uma compra ao acaso, conforme conto aqui, na resenha.

Espero que tenham gostado! Já leram algum desses? Contem nos comentários!

Beijos e até a próxima!!!!!

TÍTULO ORIGINAL: Correr
AUTOR: Drauzio Varella
GÊNERO: Não ficção
EDITORA: Companhia das Letras
ANO DE LANÇAMENTO: 2015
NÚMERO DE PÁGINAS: 216

SINOPSEDrauzio Varella é oncologista, autor de best-sellers, voluntário numa prisão, pesquisador do uso medicinal de espécies amazônicas e ainda celebridade na TV. Mas consegue há mais de vinte anos conciliar esse atribulado dia a dia com a prática regular de exercício físico. Para ele, correr não é só um hobby: é o que lhe dá o equilíbrio para enfrentar os desafios da vida.
Drauzio conta como e por que decidiu espantar o sedentarismo; relata o desafio da primeira maratona; nos dá um panorama da história das corridas desde sua suposta origem na Grécia antiga; oferece informações médicas sobre a prática; e, de quebra, nos leva de "carona" num passeio sensível pela alma humana. Leitura indispensável para corredores e futuros corredores

Olá pessoas! Decidi juntar duas paixões minhas: ler e correr. Então comecei a ler o livro do Dr. Drauzio Varella, que fala sobre suas experiências como corredor e maratonista. Nunca havia lido um livro dele e fiquei completamente apaixonada por sua escrita leve, bem humorada e cheia de conhecimento!

Eu já admirava a figura do Doutor e agora o admiro ainda mais! Começar a correr aos 50!!!!!! Eu tenho 39 e estou quilômetros atrás dele hehehehe. Com a determinação de que não se deixaria levar pelo início da decadência dos 50 (palavras dele), decidiu que no ano seguinte correria a maratona de Nova York.

Drauzio Varella conta sua história de como começou a treinar para maratonas, em relatos bem humorados de suas experiências com seus amigos também corredores, recheado de instruções que visam informar o que ocorre com o corpo de um atleta que se dispõe a disputar uma prova de 42 quilômetros. Ele mostra que correr não é um bicho de sete cabeças, apesar de exigir muito treinamento e disciplina, e que o esporte pode ser sim para todos.




Ler essa obra nos faz repensar o fato de termos uma vida sedentária, sabendo que ela traz malefícios ao nosso corpo. Mostra que correr, além de ser benéfico, nos faz enxergar nosso ambiente de um ângulo diferente e, melhor de tudo, é muito prazeroso.

Eu, apesar de estar longe das corridas há 4 meses, por motivos de força maior (tive uma lesão no quadril, por causa da corrida), estou me recuperando e não vejo a hora de voltar à ativa. Você deve estar se perguntando: "Mas ela se quebrou por causa da corrida e não vê a hora de voltar?" Sim, não vejo a hora, pois o esporte me dá muito prazer, e pretendo voltar mais disciplinada pois tive essa lesão por não me preparar adequadamente.

Nosso corpo foi feito para movimentar e esse livro deixa isso bem claro. Uma leitura fluida, descontraída, incentivadora e obrigatória!!!!

Beijos e até a próxima!!!!

TÍTULO ORIGINAL: The Coincidence Makers
AUTOR: Yoav Blum
GÊNERO: Romance
EDITORA: Planeta
ANO DE LANÇAMENTO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 320

SINOPSEE se o trem que você perdeu, o café que derrubou, o bilhete que encontrou não forem eventos aleatórios? E se o destino do mundo estiver sendo manipulado por pessoas especializadas em criar acasos? Neste romance best-seller do israelense Yoav Blum, o destino é o protagonista – mas ele não depende de sorte ou intervenção divina. Emily, Eric e Guy trabalham numa espécie sobrenatural de organização secreta há alguns anos. Eles estudaram disciplinas como interferências em sonhos, distribuição de sorte e como ser amigos imaginários, até se tornarem criadores de coincidências. Agora, de tempos em tempos, recebem complexas missões a serem executadas. Seu trabalho é permanecer na área cinzenta entre destino e livre arbítrio, onde eles criam situações que criam situações que criam mais situações que darão origem a pensamentos e decisões, gerando os mais diversos resultados: o encontro de almas gêmeas, invenções que podem mudar o mundo, a inspiração que dará origem a obras-primas. Mas, quando Guy recebe uma missão especial, que vai além daquilo que ele acredita poder fazer, as coisas começam a se mover de forma a mudar tudo o que os criadores de coincidências entendem sobre a vida e a verdadeira natureza do amor. Um thriller improvável sobre os operários invisíveis que mantêm girando as engrenagens do acaso.



Olá pessoal! Vamos de literatura isrelense? Esse livro me conquistou pelo título. Estava rodando pela livraria sem pretensão nenhuma rsrsrs e me deparei com ele. Como estava sozinha e com tempo disponível, decidi pegá-lo e começar a lê-lo ali mesmo. Sentei em uma das poltronas da Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos e fui.... Daí, tive que levar para casa hahahahaha. Confesso que a primeira atração se esvaiu depois de mais algumas páginas lidas, comecei a achar o livro super viajante, sem pé nem cabeça, mas conforme foram passando as páginas, fui me encantando pela história.

Você acredita em coincidências ou acha que tudo o que acontece na vida não é por acaso? Acredita em "insights" ou acham que alguém colocou alguma situação na sua frente de propósito? Os criadores de coincidências são "pessoas" quase invisíveis, que ajustam as situações para os acasos da vida. A história conta que, para ser um criador de coincidências, deve ser feito um curso com o objetivo de se aprender as técnicas necessárias para se gerar coincidências. Nesse livro temos a história de Eric, Emily e Guy que fazem esse curso e se tornam criadores de coincidências, cada um na sua especialidade. 

Na verdade se trata de uma história romântica, que traz uma carga de explicações sobre o amor, e foi isso que me encantou nesse livro. No decorrer da história temos alguns melodramas passados por nossos personagens, e por pessoas para as quais eles deveriam criar coincidências, intercalando com páginas de explicações teóricas sobre sua criação.




Tem muitas passagens legais em suas páginas, dentre elas:

“Você não precisa sempre tomar decisões. Pode só sentir e se deixar levar pelo que acontece, daí vai saber qual a escolha certa. Viver é uma coisa que se faz agora, não depois.”

"A coragem é, de fato, importante. Mas as pessoas não entendem o que exatamente constitui a coragem. Toda escolha envolve abrir mão de alguma coisa, e a coragem necessária para fazer esse sacrifício depende de quão intenso é seu desejo. Porque, no final, não se pode estar sempre certo em suas escolhas. De vez em quando você vai errar, e talvez não apenas de vez em quando."

As últimas 50 páginas foram as mais envolventes onde realmente a trama começou a fazer sentido e seu fechamento foi surpreendente e lindo!!!!! <3 <3

Não diria que é um dos melhores livros que já li mas tem o seu valor. Deixa a mensagem de que, apesar de acharmos que estamos percorrendo caminhos tortuosos, podemos ser surpreendidos no final. Fica a dica!

Beijos e até a próxima!!!!