TÍTULO ORIGINAL: Murder on the Orient Express
AUTORA: Agatha Christie
GÊNERO: Suspense/Policial
EDITORA: E-book de Exilado dos Livros
ANO DE LANÇAMENTO: dessa edição eu não sei mas o livro é de 1934
NÚMERO DE PÁGINAS: 200 (livro físico)

SINOPSE: Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres. O detetive belga, então, embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano.
O trem expresso, porém, é detido a meio caminho da Iugoslávia por uma forte nevasca, e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada. Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos.


Oi pessoal! Agatha Christie de novo???? Sim!!!!! Decidi ler esse clássico devido ao filme que será lançado esse ano! Não assisti nem à versão de 1974, nem à de 2001 e nem à de 2010 mas pretendo ver alguma delas antes de ir ao cinema esse ano. Bora comentar sobre o meu novo vício...

Como lidar com uma descoberta de assassinato, em um local isolado no meio de uma nevasca? É amedrontador não? Esse clima criado pela autora foi imprescindível para o desenrolar dessa trama. Não tem como não se envolver e ficar criando teorias para a solução do caso (eu formei algumas mas, claro, todas furadas kkkk). Assim como em E Não Sobrou Nenhum, nessa obra o leitor se torna detetive. Tentar descobrir o assassino dentre o grande número de personagens, ponto comum nas 3 obras que li de Agatha, prende o leitor até o final, tanto que li metade do livro em um só dia, madrugada adentro.


(Não estranhem a data, é que eu terminei a leitura em 23/07)

Para fechar, o final foi surpreendente (pelo menos para mim) e só é revelado nas últimas páginas. Admiro muito Hercule Poirot, eita cara inteligente!!!!

Leitura mais do que recomendada! Vejam o trailer do filme que estreará em novembro de 2017!




Beijos e até a próxima!!!!


Olá pessoal! Hoje venho com uma super dica, que eu amei de paixão pois eu, já há algum tempo, queria ter um contato com alguma editora. A Editora Selo Jovem abriu inscrições para blogs que querem ser "amigos" da editora. Se você se interessar, acesse aqui para ter mais informações de como participar.







A selo Jovem atualmente é uma empresa independente, atua no mercado do livro desde 2013 e já possuí gráfica própria, distribuição própria, salão comercial próprio, tornando-se rapidamente uma editora com base sólida e confiável. O catálogo conta com mais de 50 títulos publicados, entre eles dois livros em destaque com o selo best seller.

O objetivo da Selo jovem é publicar obras com 100% de qualidade literária, sem pressa e trabalhando duro na revisão dos textos. Contam com ótimos profissionais desde; diagramadores, revisores, capistas, design e uma gráfica de qualidade.


A selo jovem foi fundada no mês de Março 2013, preparados para ingressar nesse mercado deram os primeiros passos e publicaram seus primeiros livros. Como toda empresa estreante tiveram problemas com preços, qualidade, e prazos. Mas jamais desistiram e continuaram trabalhando a fim de ganhar experiência e amadurecer a cada dia.


Hoje contam com 50 títulos publicados. Recentemente adquiriram gráfica própria e passaram a produzir os livros internamente. Seus profissionais obtiveram experiência e aprenderam a trabalhar de maneira simples e objetiva, estão constantemente contratando profissionais na área de revisão e buscando por novos trabalhadores nas áreas de marketing e traduções.


Além de um quadro profissional totalmente renovado, firmaram contrato com os correios e seus títulos recebem frete fixo para todo o território nacional. Seus livros possuem a mesma qualidade de outras editoras, todos os livros são costurados e colados, no papel pólen bold e soft, as capas são impressas em papel supremo e cartão triplex. Atualmente publicam livros nas medidas 14 x 21 cm, 16 x 23 cm e 12x 17 cm.


Apesar de novos no mercado São conhecedores das dificuldades encontradas no Brasil, tanto para escritor e Editor.




Eu já entrei nessa e espero que seja uma boa parceria! Participem!

A QUEDA DA CASA DE USHER - 1839














Olá pessoal! Hoje trouxe o segundo conto da obra de Edgar Allan Poe lançada pela Darkside, do grupo de contos "Espectro da Morte", dando continuidade à série de postagens sobre esse autor. Decidi que essa será uma coluna dominical aqui no APL, portanto, todos os domingos terá um novo conto de Poe a ser descoberto. ;)

O conto é narrado pelo protagonista (sem nome) que vai visitar seu amigo de infância, Roderick Usher, atendendo a seu chamado urgente, e já se sente angustiado só em aproximar-se da casa. Ao encontrá-lo, verifica o estado perturbador de seu amigo que admite que se encontra desse modo devido à grave doença, na verdade, à morte iminente, de sua irmã, Madeline, que vive com ele na casa.

Ele passa alguns dias nessa atmosfera tensa, tentando consolar e distrair o amigo à melhor maneira, até que, certo dia, recebe a notícia de que lady Madeline falecera. Então, o irmão decide preservar o cadáver da irmã por duas semanas antes do enterro propriamente dito, por força da natureza incomum de sua doença (leiam o conto para saber qual é a doença... rs).





Daí para frente eu fiquei bem aterrorizada com os acontecimentos. E o protagonista também...rsrsrs. No primeiro conto, eu fiquei agoniada pela situação do condenado à morte, mas nesse, fiquei realmente perturbada. Poe conseguiu me deixar apavorada! O final tem tudo a ver com o título do conto. Leiam!!!!

Beijos e até o próximo!