Oi gente!!!! Além dos adquiridos na Bienal 2016, como mostrado no post anterior, vamos ver as outras novidades na estante do mês de agosto? Eis os bonitinhos:

O PINTOR DE MEMÓRIAS - GWENDOLYN WOMACK - desejadíssimo! Estava só esperando baixar o preço! Skoob






ACHADOS E PERDIDOS - STEPHEN KING - esse é o segundo livro da nova trilogia Bill Hodges que comprei sem ter o primeiro! kkkkk Mr. Mercedes ainda não entrou em oferta como esse então vamos esperar! Skoob




MISERY - STEPHEN KING - R$14,95. Isso mesmo, R$14,95! Tinha como não comprar? Skoob






O MORRO DOS VENTOS UIVANTES - EMILY BRONTË - clássicos não podem faltar ainda mais se for pelo mesmo preço que disse acima. E ainda é capa dura! Skoob





A GAROTA PERFEITA - MARY KUBICA - amo thrillers psicológicos! Skoob







ONDE ESTÁ ELIZABETH? - EMMA HEALEY - suspense que já estava faz tempo na lista de desejados... Skoob






MR. MERCEDES - STEPHEN KING - e ele baixou de preço aos 47 dos segundo tempo do mês de agosto! Valeu Amazon! Skoob










Bem, espero que tenham gostado! Comentem se já leram algum!

Beijos e até a próxima!



Ontem finalmente fui à minha primeira Bienal do Livro! Foi uma experiência muito boa porém cansativa. Já não sou nenhuma garotinha mas mesmo assim me aventurei com minha amiga linda Viviane pelas andanças no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Chegamos cedo (08:50) e, como já havíamos comprado o ingresso antecipadamente, só nos restou esperar as catracas liberarem o acesso, que foi tranquilo. Para circular nos corredores também foi sossegado, não tinha multidões nem empurra-empurra. O problema eram em alguns estandes, tipo da Intrinseca, do Grupo Record, da Leya, Submarino, estavam beeeeem lotados.

Tinha bastante ofertas, mas tem que rodar e pesquisar e pechinchar... consegui adquirir 5 livros que eram de meu desejo a algum tempo e não baixavam o preço de jeito nenhum. Fiz uma foto geral:

    foto: Amor por Livros

Noite Sobre as Águas - Ken Follet - Skoob
O Quarto Dia - Sarah Lotz - Skoob
Eu Sei o Que Você Está Pensando - John Verdon - Skoob
O Demônio na Cidade Branca - Erik Larson - Skoob
Faca de Água - Paolo Bacigalupi - Skoob

Não tirei foto nenhuma no evento, de tão atordoada que estava rsrsrs. Não deu tempo.... então roubei a única foto que minha amiga tirou, uma selfie nossa, antes de entrar:

      foto: Amor por Livros

Obrigada Vivi, pela companhia! <3

A organização achei perfeita, restaurantes bons mas caros. A única coisa ruim foi que tivemos que comer no chão pois não havia mesas livres. Uma dica: se não levar água de casa, não compre nos restaurantes, pois custa R$5,00. Passe no estande das Lojas Americanas que custa R$ 1,99! Para andar muito, vá com calçados confortáveis (tênis de preferência) e não leve agasalhos lá dentro pois é muito quente!! Ah, se for comprar muitos livros, leve uma mochila de rodinhas, pois carregar tudo na mão (como eu fiz) peeeeesa!!!! rsrsrs

Se foram na Bienal ou ainda vão, comentem aqui!

Beijos!

Olá leitores!!!! Vamos de literatura nacional de novo? Hoje venho com uma história linda, que fala de amor eterno.

TÍTULO ORIGINAL: Livro de Leah
AUTORA: Laura Malin
GÊNERO: Ficção/Fantasia
EDITORA: Agir
ANO DE LANÇAMENTO: 2013
NÚMERO DE PÁGINAS: 368

SINOPSE: Em 1824, Leah é uma jovem de 17 anos, entusiasmada com a independência do Brasil e revoltada com um casamento arranjado que se realizará em Lisboa. Quando seu navio para em Fernando de Noronha, apaixona-se pelo reparador naval Joaquim, 27 anos. Na última noite que passam juntos, testemunham a queda de uma estrela que, misteriosamente, os faz imortais. Leah é obrigada pelo pai a seguir viagem.
Sem envelhecer e sem conseguir reencontrá-lo, Leah reinventa-se, mudando de país enquanto a história mundial avança. Passam-se quase dois séculos até que ela e Joaquim estejam novamente frente a frente. Mas, para poder ficar juntos, os dois ainda tem que enfrentar memórias dolorosas e resgatar a confiança mútua.

É uma história de amor em meio a fato históricos, o que faz desse livro uma verdadeira viagem. A autora faz uma mistura de fantasia e fatos reais.

Leah viajou. Viajou muito. Viveu em Paris, em Vladivostok, em Nova York, São Francisco, Fernando de Noronha, sempre procurando seu Joaquim. Em cada local iniciava uma nova vida na tentativa de "arquivá-lo", mas não conseguia pois eles estavam ligados desde a queda da estrela mizar e cada um só seria completo com a presença do outro. 

A história é narrada alternando-se os tempos, começando pelos anos atuais (2012) e mostrando a vida de Leah desde os 17 anos (1824), quando seu pai decidiu deixar o Brasil na época em que D. Pedro decidiu ficar por aqui.

A jornada de Leah foi muito movimentada (acho que não tinha como ser de outra maneira, para alguém que viveu 188 anos). Viveu a Primeira e a Segunda Guerras Mundiais, estava no Japão quando explodiu a bomba de Hiroshima. Nessa sua enorme vida, foi várias Leahs, teve alguns amores sinceros e perdas dolorosas. Em certo momento do livro sentimos a carga pesada carregada por ela devido à sua imortalidade. Mas como tudo tem sua compensação... não vou falar muito mais, vocês terão que descobrir lendo o livro!

Esse livro é o segundo de uma duologia, que eu acabei comprando depois de pesquisar e verificar que eles eram independentes e este, na verdade, é a mesma história do Livro de Joaquim, só que contada na versão de Leah.

Recomendo a leitura dessa metáfora da imortalidade do amor!!!

Beijos e até a próxima!!!



Oi galera! Mais uma TAG chegandoooooo! Para responder essa fui indicada pela Hellen do Apenas Giz. Valeu Hellen! Tem umas regrinhas:

- Responder a todas as perguntas
- Indicar nó mínimo 11 blogs com menos de 500 seguidores
- Colocar o selo da TAG
- Colocar o link de quem te indicou

1- Qual é seu estilo de música preferido?
R: Rock, sem dúvida, principalmente os românticos...

2- Qual é a sua roupa favorita?
R: Jeans e uma camiseta bacana. 

3- Qual é seu calçado favorito?
R: Tênis ou uma sapatilha, mas não dispenso um salto em certas ocasiões.

4- Camisa ou camisola? Calça ou calção?
R: Camisola!!!! e calça, pois calção é de menino rsrsrs

5- Cabelo estiloso ou tradicional? Liso ou enrolado?
R: Sou tradicional e liso.

6- Brigadeiro ou sorvete?
R: Brigadeiro, sem dúvida!

7- Doce ou salgado?
R: Doce!!!!! Sempre!!!! Sou a maior formiga do planeta!

8- Como você define seu estilo?
R: Tradicional.

9- Você é consumista ou só compra o básico?
R: Estou mais pra consumista...

10- Se considera vaidosa?
R: Nunca fui muito vaidosa mas conforme estou ficando mais madura (rs) estou ficando mais preocupada com a aparência, uso corretivo, mudo cabelo, não saio de casa sem um lápis no olho... 

Agora, as indicações:


Espero que tenham gostado!

Beijos e até a próxima!!!



Olá pessoal!!! Hoje vou mudar o foco do blog e falar sobre séries... Para dizer a verdade, eu não sou de seguir essas séries. Para vocês terem idéia, comecei a assistir House (que paixão de médico!) e parei no quarto episódio da primeira temporada, rsrsrs. Não é porque a história é chata, mas porque eu não tenho paciência para seguir... sei lá, preguiça, cada episódio demora muito, não sei dizer direito, é algo dentro de mim que não sei explicar (afemaria, isso ficou horrível...).

Porém, essa me chamou atenção pelo título, Coisas Estranhas. Todo mundo estava assistindo (maria-vai-com-as-outras). Daí uma amiga me disse que ela era estilo Stephen King. Pronto, não precisei de mais motivos para começar a assistir. Entrei no Netflix e vi que eram só 8 episódios e assisti 4 em um dia e 4 no outro kkkkkk.



A história me pareceu inspirada em It - A Coisa! Passa nos anos 80, conta a história de um grupo de crianças, no qual um deles desaparece misteriosamente e o desenrolar da história gira em torno da busca por ele.

Gostei da história, tem horas que dá um medinho, uns sustinhos, e uma das coisas que mais achei bacana foi a trilha sonora! Demais!

Eu recomendo! Apesar de achar que a história terminou, pois pra mim fechou o assunto e não foram deixados ganchos, espero que tenha uma segunda temporada!  Os rumores dizem que sim! Comentem se assistiram e se gostaram da série!

Beijos e até o próximo!



Oi pessoal, tudo bem com vocês? Fui indicada pelo Books and Impressions para responder essa TAG bacana. Obrigada pela indicação, adoro responder TAGs! Primeiro, vamos às regras:

- Agradeça o blogueiro que te indicou;
- Inclua neste post um link de volta ao blog que te indicou;
- Nomeie 15 blogueiros que você descobriu recentemente ou que você siga regularmente;
- Avise os blogueiros que foram indicados;
- Compartilhe 10 fatos sobre si mesmo;
- Adiciona a imagem do prêmio Versatile Blogger Award no post.

Vamos lá:

1- Adoro ler.
2- Sou muito preguiçosa, mas acabo superando isso por necessidade kkkkk.
3- Tenho medo de voar de avião.
4- Adoro viajar (mas não de avião kkk).
5- Gosto muito de cozinhar (mas não por obrigação, gosto de ter tempo para fazê-lo).
6- Sou muito caseira.
7- Sou muito tímida.
8- Tenho pânico de falar em público.
9- Amo Aerosmith.
10- Sou daquelas que elabora altos diálogos mentalmente e na hora de falar com a pessoa, não sai nada.

E os blogs indicados são:

Eventual Obra de Ficção
Lendo 1 Bom Livro
Lapso de Leitura
PS Amo Leitura
Sankas Books
Apenas Giz
Estante da Ale
A Bookaholic Girl
Fabulônica
Blog Literário 2
Refúgio da Ju
Tava na Estante
Literaliza
Lost Words
Quanto Mais Livros Melhor

Espero que tenham gostado!

Um beijo e até o próximo post!

Oi pessoal! Hoje venho falar de um livro que me arrebatou. Foi a primeira obra do autor que li, nunca havia lido nenhum de seus contos e graças à TAG Experiências Literárias (um clube de livros que comecei a assinar este mês, mas será assunto para outro post) fiquei conhecendo esse romance, o único de Nelson Rodrigues, e que foi censurado na década de 60. O autor, sempre polêmico, disse ter ficado "pálido de espanto" ao receber a notícia da proibição de O Casamento (informação essa retirada do próprio livro, em sua página 264). Bem, vamos apresentar a obra:

TÍTULO ORIGINAL: O Casamento
AUTOR: Nelson Rodrigues
GÊNERO: Romance brasileiro
EDITORA: Nova Fronteira
ANO DE LANÇAMENTO: Essa edição que li é de 2016 mas a obra é de 1966
NÚMERO DE PÁGINAS: 272




Esse foi o primeiro e único romance de Nelson Rodrigues, que nunca recorreu a pseudônimos e não tinha papas na língua. A história fala sobre perversão sexual, homossexualismo, incesto, assassinato, adultério, e tudo acontece às vésperas do casamento da filha caçula de Sabino Uchôa Maranhão, pessoa bem sucedida do Rio de Janeiro, pai exemplar, que se vê atordoado por todos esses acontecimentos.

Tudo começa com a revelação do ginecologista da família (Sabino era o único homem, pois em sua casa eram a mulher mais quatro filhas) de que o noivo de Glorinha foi flagrado por ele beijando seu assistente na boca.

O abalo psicológico de Sabino é sentido em cada página do livro. Cada personagem tem seus dramas e demônios particulares. Eu fiquei totalmente envolvida na história, não conseguia parar de ler. O autor demonstrou a verdade nua e crua da sociedade nessa obra. Posso estar falando um monte de bobagens aqui, mas esse primeiro contato com o autor me impressionou. 

Me apaixonei pela sua escrita fácil, polêmica e verdadeira, mostrando toda a hipocrisia do ser humano. "Somos todos leprosos" como disse o Monsenhor a Sabino.

Se recomendo? Muito!!!! 

Beijos e até o próximo post!



Oi gente!!!! Fui indicada pelo A Bookaholic Girl para responder essa TAG diferente que consiste em indicar pessoas para fazer um post com o tema Top 7. O tema é livre! (pode ser filmes, livros, músicas, séries, blogs, ... qualquer coisa).

Eu optei por músicas e acho que vocês vão notar uma certa preferência aqui. Vamos lá?

7. The Reason - Hoobastank


6. Blaze of Glory - Bon Jovi


5. Wasted Years - Iron Maiden


4. Rock n' Roll Train - AC/DC


3. November Rain - Guns n' Roses


2. Crazy - Aeromith


1. What Could Have Been Love - Aerosmith



Não vou dizer que foi fácil fazer esse top 7, tem muitas outras músicas que amo que gostaria de listar. Sou apaixonada por Aerosmith e colocaria todas as músicas aqui rsrsrs mas procurei variar. Como vivi minha adolescência na década de 90 (quando alguns de meus seguidores nem sonhavam em nascer ainda) a maioria das músicas é daquela época.

Bem é isso, espero que tenham gostado! Não vou indicar ninguém, quem quiser fique à vontade para responder.

Beijos e até a próxima!

TÍTULO ORIGINAL: The Final Detail
AUTOR: Harlan Coben
GÊNERO: Ficção/Suspense
EDITORA: Arqueiro
ANO DE LANÇAMENTO: 2015
NÚMERO DE PÁGINAS: 304

SINOPSE: O agente esportivo - e detetive ocasional - Myron Bolitar está num verdadeiro paraíso. Divide uma praia caribenha com Terese, uma mulher deslumbrante que acabou de conhecer - uma forma perfeita de se recuperar da perda recente de uma amiga querida.
Seu retiro é interrompido por Win, seu amigo e parceiro em inúmeras investigações. Ele não traz boas notícias: um dos clientes mais antigos de Myron, o problemático Clu Haid, arremessador dos Yankees, foi assassinado e a principal suspeita é Esperanza, melhor amiga e sócia de Myron.
De volta a Nova York, Myron está determinado a provar a inocência de Esperanza, mas os obstáculos são maiore do que imaginava. Para desvendar o crime, Myron terá de encarar o submundo nova-iorquino e abrir feridas antigas que podem ser o seu fim.

É um livro de mistérios, como todos de Coben mas não foi dos que mais gostei do autor. Pela primeira vez, não darei uma nota 5 de 5 para um livro dele..... 

É uma trama bem amarrada, o autor não  deixa nenhuma ponta sem explicação mas não foi uma história que me prendeu. Tanto que demorei uns 5 ou 6 dias para ler 303 páginas, coisa que poderia ter sido feita em menos tempo. 

Por que não me empolguei muito com esse livro? Achei uma história morna, sem muita ação, apesar de eu nem desconfiar de como seria o final, não estava esperando ansiosamente por ele como nos outros livros de Coben. Mas nem tudo foi ruim: os diálogos bem humorados me tiraram algumas risadas devido ao sarcasmo de Myron e Win. Outro fator que pode ter contribuído para que eu não gostasse tanto assim, é o de que esse é o primeiro livro da série de Myron Bolitar que li, e este é o sexto livro. Talvez a falta de entendimento de algumas coisas que podem ter sido explicadas em alguns dos outros volumes me fizeram ficar um pouco perdida.

Enfim, fica a dica de mais uma leitura de suspense mas não tão empolgante como a maioria dos livros de Harlan Coben. A mensagem que fica dessa história? Que os laços de amizade, independente da situação, acabam sempre sendo considerados e colocados como prioridade.

Beijos e até o próximo post!!!

Oi gente!!! Vamos responder uma TAG hoje? Esse eu vi no blog Books and Impressions, que é muito lindo, passem lá! São sete perguntas sobre meus hábitos de leitura. 



1. Quando você lê? (manhã, tarde, noite, o dia inteiro ou quando tem tempo)
R: Como trabalho o dia todo, e ainda chego em casa e tenho mais trabalho (filho, jantar, e deixar tudo arrumado para o dia seguinte), não tenho muito tempo para ler. Por isso sou daquelas que carrega o livro para tudo quanto é lugar, na minha sacolinha. Leio no caminho para o trabalho, no que resta do horário do almoço, no caminho da volta pra casa e um pouco antes de dormir (quando não capoto antes... rs)

2. Você lê apenas um livro de cada vez?
R: Geralmente sim. Já fiz experiências lendo dois concomitantes mas eu acabo sempre dando preferência para um...rsrs

3. Qual seu lugar favorito para ler?
R: Minha cama em primeiro lugar e em segundo, na minha sala, no cantinho que fiz para relaxar.

4. O que você faz primeiro: lê o livro ou assiste ao filme?
R: Primeiro leio o livro. Se assisto o filme primeiro, acabo perdendo a vontade de ler o livro.

5. Qual formato de livro você prefere? (áudio-livro, ebook ou livro físico)
R: Livro físico, sem dúvida, apesar de ter vários no meu celular, que leio também. Áudio-livros não servem para mim pois sou muito dispersa e acabo não prestando atenção.

6. Você tem algum hábito exclusivo ao ler?
R: Procuro estabelecer uma meta de páginas a serem lidas, não por dia, mas por oportunidade de me dedicar à leitura. 

7. As capas de uma série tem que combinar ou não importa?
R: Aaaaahhh, tem que combinar para ficar mais bonito.

Pronto. Espero que tenha gostado das respostas. Não vou marcar ninguém e fiquem à vontade para responder!

Beijos e até mais!

Oi pessoal! O mês de julho não foi de muitos gastos pois peguei poucos livros e só ofertas, daquelas tipo, de R$15 a R$20 e também ganhei um da minha lida amiga Vivi (<3). Obrigada amiga, mais uma vez!!!

Vamos à lista então:

1. QUARTO - Emma Donoghue - Esse foi o presente do mês! Louca para ler e assistir o filme! Skoob









2. SANGUE NA NEVE - Jo Nesbo - Não pode faltar um terrorzinho né? Mega oferta! Skoob










3. A FUGA - Barbara Delinsky - Outro suspense que estava na minha lista de desejos faz tempo. Skoob










4. A GUARDIÃ DO TEMPO - Alexandra Monir - Estava maluca pela continuação de Muito Além do Tempo (resenha aqui) e achei sem querer, escondido na livraria! Skoob







5. OS PILARES DA TERRA - Ken Follet - O xodó. O mais lindo. O mais desejado do mês. E estava por menos da metade do preço na Amazon! Skoob












Espero que tenham gostado da lista! Se já leu algum, comente aqui o que achou!

Beijos e até a próxima!

Oi pessoal! Finalmente chegou o dia! Estão ansiosos? Eu confesso que estava apreensiva, com receio de que desse algo errado, mas tudo correu bem! Fiz o sorteio pelo Random.com, como eu havia dito anteriormente.

Para comprovar a veracidade do resultado, segue o vídeo que fiz do sorteio. A qualidade não está excepcional mas é possível ver diretinho o número sorteado. Vamos lá!



Parabéns Priscila Tavares de Freitas! Eu entrarei em contato com você via e-mail para que me passe seu endereço e eu possa enviar os livros pelos Correios. Você tem 7 dias para me encaminhar seu endereço. Caso não receba nenhuma resposta sua, realizarei novo sorteio.

Às outras pessoas que participaram, muito obrigada! E espero que continuem prestigiando esse cantinho. Pretendo fazer mais sorteios por aqui, então, fiquem ligados no blog, no Facebook e no Instagram!!

Beijos e até a próxima!!!

Oi pessoal! Como dito no post do dia 16/07/16 (aqui) venho divulgar a lista dos inscritos no sorteio de amanhã. Foram poucos inscritos então a chance é grande! Quem for sorteado, receberá um contato meu por email, portanto prestem atenção em suas caixas de entrada!!!

Não deixem de acessar o blog amanhã para ver o resultado! Boa sorte a todos vocês!!!!



Beijos e até amanhã!!!!!

Oi pessoas! O título de hoje pode ser motivo de polêmica por ser um livro escrito por youtubers. Confesso que quando vi o lançamento dele, nem me atentei a isso. O que me chamou a atenção foi sobre o que ele falava: o amor nos tempos atuais. Será que ele falaria sobre a banalização do amor hoje em dia? Sobre a falta de comunicação e aproximação nessa era de redes sociais? Foram essas questões (e outras) que me levaram a comprar esse livro.

TÍTULO ORIGINAL: O Amor nos Tempos de #Likes
AUTORES: Pam Gonçalves, Bel Rodrigues, Hugo Francioni e Pedro Pereira
GÊNERO: Ficção
EDITORA: Galera Record
ANO DE LANÇAMENTO: 2016
NÚMERO DE PÁGINAS: 272










São 3 contos e vou falar sobre cada um deles:

1º) PRÓXIMO DESTINO: AMOR - Pam Gonçalves - Conta a história de Liz e William. Ela, 19 anos, uma youtuber famosa, vai passar o final de semana em sua cidade, Florianópolis, para ver os pais e a irmã mais velha. Ele, 23 anos, perdeu os pais e tem que cuidar dos negócios da família e da irmã mais nova, que tem leucemia. Não vou me aprofundar muito pois senão conto a história inteira.
O conto fala sobre amor à primeira vista. Nos faz refletir que temos que perder o medo de mostrar nossos sentimentos. Mostra também que não podemos nos sentir diminuídos pelas críticas a nosso trabalho. Se o fazemos com carinho e dedicação, de uma forma ou outra, ele faz a diferença no mundo e devemos usá-las para crescer e seguir adiante.

2º) (RE)COMEÇOS - Bel Rodrigues - Maria Eduarda (Madu) vai passar um final de semana em Búzios, pois passou direto na escola e ganhou a viagem dos pais. Para ela será um acontecimento bem vindo pois acabou de ter uma decepção com uma de suas melhores amigas e também ainda tem marcas do fim de seu último relacionamento, no qual sofreu com o machismo do namorado. Nessa breve viagem, ela conhece Eduardo em circunstâncias um tanto quanto diferentes e eles se apaixonam logo que se conhecem. Esse conto nos mostra que é possível recomeçar e que as compensações vem, mesmo que demorem um pouco.

3.º) 337 km - Hugo Francioni e Pedro Pereira - Esse último conto fala sobre relacionamento à distância entre gays. É narrado com capítulos alternados por Julio e Ramon, o que permite sabermos os pontos de vista de cada personagem. Os dois se conhecem em um grupo sobre escrita criativa na internet. Julio é filho de donos de uma rede de hotéis, que seus pais almejam que ele administre no futuro, mas não é isso que ele quer. Seu sonho é ser escritor. Ramon estuda jornalismo, trabalha em uma livraria e possui uma chefe muito chata, chamada Miranda (eu adorei essa parte que foi baseada, com certeza, em O Diabo Veste Prada).
Os dois conversam por mensagens todos os dias e vão se envolvendo até o ponto de Julio convidar Ramon para passar um fim de semana com ele, decidindo arriscar a iniciar um relacionamento à distância. Apesar das inseguranças dos dois, eles querem tentar.
A história é bem delicada e foi contada com muita sensibilidade.

Eu gostei do livro. Foi uma leitura leve (bem que eu estava precisando, depois de ler Kristin Hannah e ter sofrido à beça) e que trouxe momentos de relaxamento. As histórias me envolveram e eu não queria parar de ler para saber o final de cada uma. Recomendo a leitura sim! E qual foi meu conto preferido? O segundo.

Beijos e até a próxima!



Oi pessoas, como estão? Hoje vim falar sobre minha ansiedade de ir pela primeira vez à Bienal SP. Eu estava na dúvida se iria ou não, porque todo mundo fala que é muito lotado, que você não consegue ver muita coisa por causa da quantidade de gente, aquela loucura para ver seu autor favorito, etc, etc.

Porém, me deu "a loka" e, sem pensar muito, comprei um ingresso para final de semana. Vou arriscar. Infelizmente não conseguirei ir no melhor dia (para mim pelo menos), que é o dia em que estarão presentes Maurício de Sousa (sou muito fã desse cara) e Mário Sérgio Cortella. Mesmo assim estou ansiosíssima para experimentar a sensação de estar lá.

Agora, peço um ajuda para as pessoas que lêem esse blog e já possuem experiência em Bienais: me dêem dicas para aproveitar ao máximo o dia. Melhor hora para chegar, o que visitar primeiro, e outras coisas que acharem úteis. Posso até depois, com os devidos direitos autorais, fazer uma postagem sobre essas dicas aqui no blog!

Beijos!