TÍTULO ORIGINAL: Krakflickan, Hungerelden e Pythians Anvisningar
AUTOR: Erik Axl Sund
GÊNERO: Suspense/Policial 
EDITORA: Companhia das Letras
ANO DE LANÇAMENTO: 2017
NÚMERO DE PÁGINAS: 584

SINOPSE:  Tudo começa em um parque da cidade de Estocolmo, onde o corpo de um menino é encontrado. A detetive superintendente Jeanette Kihlberg lidera a investigação, lutando contra um promotor apático e uma força policial burocrática que não quer dedicar recursos para resolver o assassinato de uma criança imigrante. Todavia, com a descoberta dos cadáveres mutilados de mais duas crianças, fica claro que um serial killer está à solta. Kihlberg procura a psicóloga Sofia Zetterlund, uma especialista em recuperar crianças que sofreram violência, e as vidas das duas mulheres se entrelaçam de forma quase instantânea profissional e pessoalmente. À medida que se aproximam da verdade sobre os assassinatos, as duas vão aos poucos perceber que os crimes escondem um mal subterrâneo que parece abraçar toda sociedade sueca. Na veia da série Millenium, A Garota-Corvo é um thriller sombrio e de tirar o fôlego, e uma investigação dos recantos mais sombrios da mente humana.


Olá pessoal! Trago hoje uma dica de leitura com temas pesados, acontecimentos fortes e muita tensão! É um suspense maravilhoso escrito por Jerker Eriksson e Hakan Axlander Sundquist, que usaram o pseudônimo de Erik Axl Sund. A Garota Corvo foi lançado inicialmente como uma trilogia mas a editora decidiu lançar como um calhamaço só, de 584 páginas. Foram 13 dias de leitura. A demora foi causada pela riqueza de detalhes da história, aos quais devemos estar muito atentos pois qualquer desatenção te faz perder o fio da meada.

O início da história te faz pensar que é somente um caso policial, de um serial killer, que mata garotos, os embalsama e retira suas genitálias mas, com o decorrer da narrativa, vemos que se trata de algo muito mais complexo.

Temos duas personagens fortes, Jeanette Kihlberg e Sofia Zetterlund, cujas vidas se cruzam e a empatia entre elas é imediata. O relacionamento pessoal delas é de emocionar. Jeanette é uma policial durona, que sustenta a casa e Sofia uma excelente psicóloga, especialista em jovens com traumas sexuais. É por meio de Sofia que conheceremos personagens dos mais diversos tipos. Você poderá pensar muito mal de Sofia no início (assim como eu pensei) mas, na verdade, ela é uma mulher incrível!!! Me apaixonei por ela! (chega porque já estou dando dicas demais)




É complicado contar um pouco da história pois facilmente eu daria um spoiler. Só digo que o livro é psicologia pura, entramos no mundo do incesto, do abuso sexual infantil, dos traumas da guerra, e vemos a que ponto pode chegar a loucura e a crueldade do ser humano e quais as consequências que um trauma de infância pode acarretar. Eu fiquei bem tensa em muitas passagens do livro.

Recomendo muito esse livro para quem ama suspenses policiais complexos e não tem medo de encarar calhamaços (afinal, ele tem quase 600 páginas). O aspecto ruim da edição é a fonte pequena... eu, que já estou beirando os 40 e não tenho mais a visão tão boa, foi um pouco cruel... rsrs

Parecer que a história vai virar filme (tomara!!!!) e encaro assistir, apesar das passagens muito pesadas da história.

Beijos e até a próxima!!!

6 Comentários

  1. Oi Renata,
    Que capa estranha... Eu teria medo de comprar o livro, rs.
    Acho que a obra não faz muito meu estilo...
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs
      É Ale, leio seu blog há um tempo e sei que esse não é seu tipo de leitura...
      bjs

      Excluir
  2. Oi Rê, tudo bem? Realmente parece ser tenso e denso, muito bom livros assim, mesmo no meu caso que curto mais romances, às vezes é bom sair da zona de conforto! E como não gosto de séries, prefiro que lancem assim, em calhamaços, ao menos a gente lê de uma tacada só hehehehehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito tenso mesmo, Mi, mas vale a pena!
      bjs

      Excluir
  3. Oi Renata!
    Gostei muito da premissa desse livro. Adoro histórias policiais e pelo que vc falou essa tb traz questões mais profundas. E eu adoro calhamaços, então fiquei bastante empolgada pra fazer essa leitura!
    Obrigada pela dica!
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se arrependerá se ler, Mi! Vale a pena!
      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário se gostou da postagem. Se não gostou, também pode deixar...