Oi!!!!! Mais uma leitura finalizada (a terceira do ano)!!!!! Como tenho aprendido em outros blogs sobre leitura, primeiro vou apresentar os dados e a sinopse do livro:


TÍTULO ORIGINAL: The Lost Symbol
AUTOR: Dan Brown
GÊNERO: Ficção
LANÇAMENTO: 2009 
EDITORA: Sextante
NÚMERO DE PÁGINAS: 496

SINOPSE:
Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus profundos conhecimentos de simbologia e sua brilhante habilidade para solucionar problemas.
Em O Símbolo Perdido, o célebre professor de Harvard é convidado às pressas por seu amigo e mentor Peter Solomon - eminente maçom e filantropo - a dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos. Ao chegar lá, descobre que caiu numa armadilha. Não há palestra nenhuma, Solomon está desaparecido e, ao que tudo indica, correndo grande perigo.
Mal'akh, o sequestrador, acredita que os fundadores de Washington, a maioria deles mestres maçons, esconderam na cidade um tesouro capaz de dar poderes sobre-humanos a quem o encontrasse. E está convencido de que Langdon é a única pessoa que pode localizá-lo.
Vendo que essa é sua única chance de salvar Solommon, o simbologista se lança numa corrida alucinada pelos principais pontos da capital americana: o Capitólio, a Biblioteca do Congresso, a Catedral Nacional e o Centro de Apoio dos Museus Smithsonian.
Nesta labirinto de verdades ocultas, códigos maçônicos e símbolos escondidos, Langdon conta com a ajuda de Katherine, irmã de Peter e renomada cientista que investiga o poder que a mente humana tem de influenciar o mundo físico.
O tempo está contra eles. E muitas outras pessoas parecem envolvidas nesta trama que ameaça a segurança nacional, entre elas Inoue Sato, autoridade máxima do Escritório de Segurança da CIA, e Warren Bellamy, responsável pela administração do Capitólio. Como Langdon já aprendeu em suas outras aventuras, quando se trata de segredos e poder, nunca se pode dizer ao certo de que lado cada um está.

De todas as leituras de Dan Brown (O Código Da Vinci, Anjos e Demônios, Fortaleza Digital, Ponto de Impacto e esse) foi a melhor, com a melhor mensagem. Vou transcrever o trecho que mais gostei:

"Nós todos temos um Criador. Usamos nomes diferentes, rostos diferentes e preces diferentes, mas Deus é a constante universal do homem. Ele é o símbolo que todos compartilhamos... o símbolo de todos os mistérios da vida que não somos capazes de compreender."

Pode até ser mais do mesmo, Robert Langdon metido em alguma confusão, cheia de símbolos esquisitos a desvendar, mas Dan Brown é genial, detalhista ao extremo, e não tem como você não se sentir dentro da história. Ela gira em torno dos mistérios na Francomaçonaria, mostrando algumas passagens um pouco assustadoras sobre a filosofia (a maçonaria pode ser considerada uma filosofia?) e não sei se são verdadeiras.... Não dá vontade de largar o livro em suas 200 páginas finais, tanto que as li quase sem pausa rsrsrsrs. 

Enfim, uma leitura mais do que recomendada!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Deixe seu comentário se gostou da postagem. Se não gostou, também pode deixar...