ÚLTIMAS RESENHAS

Por Toda a Eternidade - Kristin Hannah

1.8.16

Olá pessoal! Hoje venho com uma resenha sobre um livro triste mas cheio de lições. Kristin Hannah como sempre tocando nossos frágeis corações... Vamos lá!

TÍTULO ORIGINAL: Fly Away
AUTORA: Kristin Hannah
GÊNERO: Ficção
EDITORA: Novo Conceito
ANO DE LANÇAMENTO: 2014
NÚMERO DE PÁGINAS: 400

SINOPSE: Johnny Ryan perde a mulher; seus filhos, os gêmeos Luke e Wills e Marah, uma adolescente de 16 anos, perdem a mãe. A famosa apresentadora de um talk show, Tully Hart, perde sua melhor amiga, a única pessoa que lhe deu algum amor. Embora a história pareça girar em torno da morte de Kate, todo o encantamento está nas diferentes maneiras como seus personagens lidam com o luto.
Os gêmeos sobrevivem relativamente bem à morte de Kate, mas Marah sente que o chão se abriu quando percebe que não terá mais uma mãe com quem discutir - ou que possa ampará-la.
Por outro lado, Johnny sente-se impotente e acaba se comportando de forma omissa em muitas ocasiões.
Tully perde-se completamente - a ponto de cometer uma loucura - ao perceber que não sabe viver sem Kate.
Esses personagens, que carregam a imensa dor da perda, vão precisar como nunca uns dos outros, e quem sabe até mesmo de um milagre, para mudar suas vidas...


Sofri... Assim como sofri no primeiro livro, Amigas para Sempre (resenha aqui). Quanto sofrimento na vida de Tully Hart mas que, no final das contas, teve sua compensação, apesar de tardia.

Essa história nos mostra que é possível perdoar. Sempre existe uma justificativa pela qual as coisas acontecem e como a falta de estrutura emocional pode nos levar ao fundo do poço.

A perda de Kate para Tully não foi nada fácil, ainda mais pela responsabilidade que a amiga lhe incumbiu, que foi amar e cuidar de sua filha, Marah. Tully fez bobagens o que acabou levando a afilhada para um caminho tortuoso, ainda mais pelo fato de Marah não ter aceitado bem a morte da mãe.

Nesse livro, é contada a história da mãe de Tully, Cloud/Dorothy, o que explica seu comportamento em relação a Tully, e nos faz entender a respeito da sua personalidade e justifica todos seus atos em relação a Katie e, posteriormente, a Marah.

Uma história triste, com um final até que surpreendente. Eu esperava um desfecho mais trágico, mas não. A autora, com toda sua sensibilidade, soube dar uma leveza ao final dessa duologia.

Minha sensibilidade, que nesses últimos dias está à flor da pele, me fez debulhar em lágrimas nessa leitura, assim como no anterior. Leitura recomendadíssima, mas estejam preparados para muita emoção. Muita mesmo.

Beijos e até o próximo post!

4 comentários:

  1. Oiii Renata! Adorei a resenha, e a capa desse livro é linda *--* Gostei muito da história do livro, deve ser bem emocionante mesmo.

    *Beijokas -Hellen Barros.

    ResponderExcluir
  2. Ah que fofo deve ser esse livro! Ainda não li nada da autora, mas os livros dela são super bem comentados. Adorei a resenha!

    Grande abraço
    eventualobradeficcao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prepare os lenços para ler algo dela! rsrs
      bjs

      Excluir

Deixe seu comentário se gostou da postagem. Se não gostou, também pode deixar...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS