ÚLTIMAS RESENHAS

Para Todos os Garotos que Já Amei/P.S.: Ainda Amo Você - Jenny Han

13.6.16

Olá pessoas!!!! Estou curtindo uns dias de folga em casa e com isso estou com um tempo maior para minhas leituras. Terminei o segundo livro da duologia de Jenny Han, que conta a história da adolescente Lara Jean, de 16 anos. Tá, eu já sou tiazona pra ficar lendo esse livros de adolescente, mas e daí? Comprei o primeiro volume pois me identifiquei quando li a sinopse, pois vi que se tratava de uma garota que escrevia cartas para seus namorados. Eu, com a mesma idade, fazia a MESMA coisa, rsrsrs. E escrevia cartas quilométricas, de 10, 15 páginas para meu namorado. Quem nunca??? Sempre fui aquele tipo de pessoa que expressa seus sentimentos melhor escrevendo. Sou bicho do mato, sabe? Sei que esse tipo de expressão pode gerar muitos mal-entendidos e é por isso que quebrei muito a cara (e quebro até hoje). Bom, mas estou aqui para falar dos livros e não de mim....

Como eu não havia feito post do primeiro livro quando li (eu nem tinha o blog ainda), então decidi fazer uma postagem conjunta.

TÍTULO ORIGINAL: To All The Boys I've Loved Before
AUTORA: Jenny Han
GÊNERO: Ficção/Young Adult
EDITORA: Intrínseca
ANO DE LANÇAMENTO: 2015
NÚMERO DE PÁGINAS: 320

SINOPSE: Não são cartas que ela recebeu de namorados, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou - cinco ao todo.São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não confessaria a ninguém, pois revelam seus sentimentos mais profundos. Até que, um dia, essas cartas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e, de uma hora para outra, a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

TÍTULO ORIGINAL: P.S.: I Still Love You
AUTORA: Jenny Han
GÊNERO: Ficção/Young Adult
EDITORA: Intrínseca
ANO DE LANÇAMENTO: 2016
NÚMERO DE PÁGINAS: 304

SINOPSE: Eles estavam só fingindo. Mas então não estavam mais, e agora Lara Jean precisa aprender como é estar em um relacionamento que não é de faz de conta. Ela parece estar conseguindo, sua história com Peter vai de vento em popa, mas quando outro garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, os sentimentos de Lara por ele também retornam. Será que é possível gostar de dois garotos ao mesmo tempo? Nesta charmosa e tocante sequência de "Para Todos Os Garotos Que Já Amei", Lara Jean vai acabar descobrindo que se apaixonar é a parte fácil - emocionante mesmo é o que vem depois.


É uma história leve e apaixonante. Como já disse antes, me identifiquei demais com a protagonista, não pelos dotes culinários dela (sou sofrível na cozinha), mas pelo modo como ela lida com seus sentimentos.

Lara Jean tem duas irmãs, Margot, a mais velha, e Kitty, a mais nova. Seu pai é médico e sua mãe, falecida. Com a morte da mãe, a irmã mais velha assumiu o papel da matriarca da família mas, em certo tempo, foi fazer faculdade na Escócia, o que fez com que Lara Jean tivesse que cuidar da irmã mais nova.

Como ela mesma disse, ela escrevia cartas após o término de seus "relacionamentos" para "dar às reticências, o ponto final". Mas as cartas não eram para ser entregues aos destinatários, o que acabou acontecendo de forma misteriosa e causando uma bela confusão na sua vida. Além de ter que assumir a liderança da casa sem achar que estava preparada para isso, se vê frente a situações constrangedoras. 

No meio desta confusão, ela acaba, em um plano mirabolante, arranjando um namoro de mentira com Peter Kavinsky, o menino mais popular da turma, que não tinha nada a ver com ela e que havia recentemente terminado um namoro com sua melhor amiga, Geneviève.

Eles não se conheciam tão profundamente e esse relacionamento inventado acabou fazendo com que se surpreendessem um com o outro, demonstrando o quanto as pessoas podem ser diferentes do que a gente pensa.

No segundo volume, Lara Jean e Peter começam um relacionamento verdadeiro, pois acabam concluindo que estão realmente apaixonados um pelo outro mas, a presença ainda forte da ex-namorada de Peter e do reaparecimento repentino John Ambrose, um dos ex-amores de Lara Jean, acaba criando outra confusão no relacionamento deles.

O final é fofo e fiquei apaixonada por Peter Kavisnky, sim (podem me julgar). Já simpatizava com ele desde o primeiro livro, e com esse segundo a simpatia só aumentou.

Essa história me fez refletir o quanto não amadureci desde os meus 15 anos rsrsrsrs, nós crescemos, passamos por muitas coisas na vida, mas tem certas essências, sejam elas boas ou ruins, que permanecem. Elas ficam adormecidas, mas podem despertar a qualquer momento.

Essas são leituras rápidas e fascinantes para fãs do gênero. Recomendo!

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Olá Renata,
    Eu super me apaixonei por esses livros, e adorei a Lara e o Peter.
    Estou lendo o segundo livro, já estou na metade! É muito gostoso de ler.
    Parabéns pela resenha *-*
    Beijos!

    www.booksimpressions.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário se gostou da postagem. Se não gostou, também pode deixar...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS